top of page

DAVI E ABIGAIL

Houve um tempo muito difícil na vida de Davi. Ele vivia como um fugitivo pelo deserto há anos, pois estava sendo caçado pelo rei Saul como se fosse um criminoso. Infindáveis meses se passaram desde a unção e a promessa de reinado ainda não se havia cumprido.


Se não bastasse essas desventuras, o profeta Samuel morre sem deixar substituto à altura.

Para Davi, Samuel era o líder espiritual, aquele que o declarou ungido do Senhor, e certamente sua ausência era uma perda irreparável.


Em meio a este dilema, um episódio tolo foi a gota d’água para Davi extravasar sua ira e indignação. Um homem chamado Nabal nega ajudá-lo com alimentos e o despreza, mesmo depois de Davi e seus homens protegerem o rebanho de nabal. A ira dominou o coração de Davi e a maligna convicção de matar um civil pareceu-lhe um ato normal. Porém, é neste contexto que a graça divina toca novamente a alma de Davi o lembrando de sua identidade de ungido.


O nome desta graça era Abigail, a esposa de Nabal. Ela não apenas supre Davi com alimentos, mas lava a alma deste homem com honra, respeito, trazendo moderação ao coração dele.

Ao dar ouvidos à está mulher Davi se livrou de terríveis problemas e deixou uma grande lição para nós:


- Antes de tomar atitudes impulsivas, encontre-se com alguém cheio de graça.


Que na vida, possamos abrir o nosso coração mais para as palavras das Abigails do que para as ignorâncias dos Nabais. Por Lediel dos Santos



168 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commenti


bottom of page