top of page

O DEVOCIONAL PITAYA

Essa fruta, produzida por um cacto e de origem mexicana, se tornou uma verdadeira popstar nos hortifrúti, drinks, pratos chiques e sala de frutas finas. Muito desse sucesso vem de sua cor exuberante e chamativa, somado pela estética agressiva e intensa de sua casca. A beleza da “fruta do dragão”, como é conhecida na Ásia, é indiscutível, contudo, precisamos ser sinceros quanto ao seu sabor. Está para ser descoberta uma fruta mais sem graça que a tal da pitaya. Simplesmente não tem sabor nenhum, nada, zero.


Existe uma semelhança entre a pitaya e a espiritualidade devocional propagandeada. A maioria dos pregadores, influenciadores ou famosos que falam sobre vida devocional criaram um padrão estético e dogmático. Estético por prezar pela propaganda e sinalização de virtude, dogmático por envolver elementos ritualísticos. “Acorde cedo, prepare seu cronômetro e ore 30 minutos, leia 4 capítulos da Bíblia e cante dois hinos pulando”. Essa ritualização estética conduz muitos a uma vida espiritual dolorosa, sofrível e plástica. De igual modo, outros tantos entram em um ciclo de frustração profunda por não se enquadrar ao padrão.


A multiforme relacional do Espírito Santo é vista nas mais diversas figuras da Bíblia. Tirando que todos precisamos cultivar disciplinas espirituais, em nenhum momento a Bíblia deixou um padrão engessado.


Não se deixe levar pela moda descolada da foto do Instagram, tampouco tenha como regra a experiência particular de alguém que você nem convive.


Na maior parte dos dias você estará cansado de sua rotina de trabalho, sem energia para pegar uma cabeça bonita e pronta para instagramar seu devocional.

Nesses dias o ritual não serve de nada e a estética não passa de trapo. 


Ore no seu carro, fale com Senhor enquanto você procura as chaves. Pare 10 min no intervalo do almoço e leia 1 ou 2 salmos.


Cultive uma vida de relacionamento com Deus genuinamente humana e real. Deus não está preocupado com seu feed, método e nem com a frequência. Não se frustre por causa do influenciador perfeito de rotina impecável. Sua vida devocional pode ser saudável e real mesmo sem método algum. O ônibus pode ser seu tempo de leitura devocional, a fila do banco sua forma de aproveitar o tempo para orar. O que você precisa ter em mente é que o importante é conhecer ao Criador e não os métodos.


A verdadeira vida espiritual nem é tão estética, mas seu sabor é saboroso e real.

Ore sem cessar. Por: Alexandre de Almeida


70 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page