top of page

O EXEMPLO DE UM "PARDAL"

Na última sexta-feira gravei um vídeo falando sobre a realidade da morte, sem nem imaginar que no sábado sentiria novamente de perto a dor de perder a quem amamos.

Na despedida de vovô que nos deixou aos 89 anos, pude ser confortado com o testemunho deixado por alguém que soube como gastar os seus dias. Quando se vive a vida com tanta excelência, a dor da saudade é consolada pela força do legado.

Que privilégio ter caminhado com quem nos ensinou com a vida que se temos Cristo, já não há mais nada que possa tirar a nossa esperança.

Para descrever a sua história, vovô se comparava a um pardal; pássaro comum mas zelado por Deus como todos os outros.


Presenciou o suicídio da mãe ainda criança, mas superou os traumas e nunca usou o passado para limitar uma vida frutífera.

Foi menino órfão e chegou a trabalhar como escravo, mas confiando em Deus constituiu uma linda família e se tornou um dos maiores líderes espirituais do Brasil.

Estudou apenas a primeira série do fundamental e de maneira incompleta, mas com esforço, leu a Bíblia 123 vezes, foi professor de muitas matérias bíblicas e escreveu diversos livros inspiradores.

Não veio de um lar estabilizado e muito menos cristão, mas decidiu a partir de si, interromper um fluxo maligno que aprisionava sua genealogia em vícios e suicídios. Ele escolheu edificar sua vida e família nos ensinos de Cristo, e então, tudo mudou.

Neste dia 11 de julho de 2020 vovô nos deixou. O “pardal” foi para o supremo refúgio, mas nos ensinou a voar.

O tempo será incapaz de apagar as marcas na alma deixada pelo legado deste grande homem, meu avô, Pr. Nirton dos Santos. Por: Lediel dos Santos

406 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page